Na quarta-feira, 2, entra em vigor a nova versão (1.0.4b) do programa emissor do Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e), que deve ser adotado pelas empresas que atuam no segmento de transporte de carga, conforme o Ato Cotepe nº 10/2012.

As versões anteriores do programa poderão ser utilizadas até o dia anterior, ou seja, 1º de maio. Depois desta data, as administrações tributárias estaduais somente autorizarão a emissão do CT-e na nova versão.

O contribuinte que estiver com o emissor desatualizado não conseguirá emitir o documento. Por isso, é preciso atenção a essa mudança para evitar transtornos na prestação dos serviços.

A nova versão está em produção (com validade jurídica) desde 1º de novembro de 2011 e em ambiente de homologação (sem validade jurídica) desde 1º de setembro de 2011 para que possam ser realizados os testes de adequação pelos contribuintes do ICMS obrigados a utilizar o referido documento fiscal.

Fonte: TI Inside