A Gerência de Informações Econômico-Fiscais da Secretaria da Fazenda criou o Sistema de Malha Final Estadual que fará o cruzamento de dados gerados pela emissão da nota fiscal eletrônica (NF-e) e as informações da Escrituração Fiscal Digital (EFD). Segundo o gerente, Marcelo Mesquita, o sistema está em teste e entrará em funcionamento no mês de julho.

Mais de 34.300 empresas goianas emitem uma média de cinco milhões e 700 mil notas fiscais eletrônicas mensalmente.  Mas algumas operações de compra e venda deixam de ser registradas pelas empresas na Escrituração Fiscal Digital (EFD) enviada mensalmente à Sefaz.  Com o sistema de malha fina, o cruzamento desses dados passará a ser eletrônico. Atualmente o trabalho é feito por auditor que, com o novo sistema, passará a analisar já o resultado do cruzamento. A malha fina também vai incluir as notas recebidas pela Sefaz de outros Estados, que representam uma média de um milhão e meio de documentos por mês.

Além da economia de mão-de-obra, o gerente Marcelo Mesquita enumera como vantagem do sistema, o fato de que os próprios contadores terão acesso ao resultado da malha fina e poderão fazer a retificação espontânea, desde que seja até o início da auditoria. A consulta estará disponível no site da Sefaz (www.sefaz.go.gov.br) por meio do Portal do Contabilista. O sistema foi desenvolvido em parceria com a Superintendência de Tecnologia da Informação, da Segplan.

Fonte: SEFAZ/GO