Têm direito ao benefício o trabalhador com vínculo empregatício por pelo menos 30 dias no ano anterior e que tenha recebido em média até dois salários mínimos

Brasília – Cerca de 1,9 milhão de trabalhadores ainda não retiraram o abono salarial a que têm direito, no valor de um salário mínimo (R$ 678,00).

O Ministério do Trabalho encaminhará correspondência a esses trabalhadores para que se encaminhem a uma agência da Caixa Econômica Federal, no caso de direito ao Programa de Integração Social (PIS), ou do Banco do Brasil, para quem tem direito ao Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), para efetuar o saque.

Têm direito ao benefício o trabalhador com vínculo empregatício por pelo menos 30 dias no ano anterior e que tenha recebido em média até dois salários mínimos.

Deve também estar inscrito em um dos programas (PIS-Pasep) há pelo menos cinco anos e ter sua relação empregatícia informada corretamente pelo empregador à Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

O Sudeste concentra o maior número de trabalhadores que ainda não sacaram o benefício relativo ao exercício 2012/2013 (983.732).

O Sul fica em segundo lugar (319.267), seguido do Nordeste (281.928) , Centro-Oeste (186.171) e Norte (133.235).

Fonte: Exame Online