O SESCON-SP vê positivamente a tramitação, na Câmara dos Deputados, do Projeto de Lei Complementar 221/12, que sugere a criação de parcelas dedutíveis do valor devido mensalmente por empresas optantes pelo Simples Nacional, o sistema simplificado de tributos.

Para o presidente do SESCON-SP, Sérgio Approbato Machado Júnior, a proposta é válida, tendo em vista que incentiva a justiça tributária para o regime que abarca a maioria dos empreendimentos brasileiros. “A medida fala em parcelas dedutíveis que devem variar conforme a faixa de renda da empresa, portanto, traz uma adequação importante”, destaca o líder setorial.

De autoria do deputado federal Vaz de Lima, a proposta tramita em regime de prioridade e será analisada pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; de Finanças e Tributação; de Constituição e Justiça e de Cidadania; e, em seguida, pelo Plenário.

Fonte: Assessoria de Imprensa SESCON-SP

Via: http://www.sescon.org.br/template.php?pagina=neocast/read&id=26775&section=1