No período de 30 de abril a 13 de maio, que corresponde aos primeiros quatorze dias da Operação Muralha, as atividades na região oeste do Paraná foram realizadas principalmente na barreira de fiscalização instalada próximo à praça de pedágio situada no município de São Miguel do Iguaçu/PR e em estradas secundárias da região.

Os resultados obtidos nessas primeiras duas semanas foram bastante expressivos, com escore de apreensões até o momento de: 325.500 maços de cigarros, 1.045 quilos de maconha; uma arma e 74 munições; 41 unidades de medicamentos e anabolizantes e aproximadamente R$ 7,32 milhões em mercadorias. Foram realizadas ainda nove prisões em flagrante. Além disso, 39 veículos, sendo 17 veículos de passeio, 21 ônibus e um caminhão foram retidos nesse período.

O maior destaque fica por conta dos mais de sete milhões de reais em mercadorias apreendidas, valor que representa um crescimento de 225% com relação ao mesmo período da última Operação Muralha, realizada no final do ano de 2017. O aumento se deve à grande quantidade de eletrônicos, principalmente celulares de alto valor, que foram apreendidos nessas duas semanas. Somente em um ônibus de turismo, foram apreendidos R$ 1,680 milhão desses produtos.

Além disso, a quantidade de ônibus apreendidos aumentou 425% com relação à fase anterior da operação. Esse aumento se deve à formação de alguns pequenos comboios que utilizam dessa artimanha para passar pela barreira. Só no último sábado (12) foram realizadas retenções de 13 ônibus que estão sendo fiscalizados ao longo desta semana. O aumento se deve também ao transporte de mercadorias ocultas ou em fundo falso, que gera perdimento do veículo.

Quanto a apreensão de drogas, houve um aumento significativo na quantidade, com destaque para maconha que teve um acréscimo de 1.860%. Ao todo foram apreendidos 1.045 kg de maconha e 68,3 kg de haxixe. É o uso continuo e massivo dos cães de faro que tem obtido grande êxito nas apreensões de drogas. Caso inusitado é o de dois ciclistas que passaram pela barreira em suas bicicletas com o intuito de ludibriar a fiscalização, porém foram flagrados transportando seis quilos de maconha cada um em suas mochilas.

Fonte: RFB

Comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.