O prazo para empresas e indústrias atualizarem a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) termina nesta semana. De acordo com a Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz), as vendas ficarão impossibilitadas sem a atualização, que deve ser feita até o dia 02 de agosto.

O secretário da Sefaz, Guaraci Fontana, explica que é extremamente importante realizar a adequação. “Os empresários precisam se adequar, uma vez que as notas enviadas na versão antiga serão automaticamente rejeitadas, impossibilitando a impressão do Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica [Danfe] e, consequentemente, as vendas”.

A NF-e é um documento emitido e armazenado eletronicamente, que tem por função documentar operações e prestações. A validade jurídica é garantida pela assinatura digital do emitente e autorização de uso pela administração tributária da unidade federada do contribuinte.

De acordo com o gestor da NF-e, Eduardo Higa, 25 mil empresários no Mato Grosso do Sul são emissores de NF-e, entretanto, muitos ainda não se adequaram à versão 4.00.

Fonte: Capital News