Auditores Fiscais, representando secretarias de Fazenda de vários Estados, conheceram hoje (27/8) o modelo de auditoria contábil da Sefaz goiana. A metodologia desenvolvida em Goiás foi apresentada como benchmarking no programa de capacitação “Trilhas de Aprendizagem”, da Integração Escola de Negócios, em São Paulo.

O evento, promovido pelo Grupo de Desenvolvimento do Servidor Fazendário (GDFAZ), reúne 46 auditores fiscais de diversos Estados, para discutir a auditoria contábil como solução para os fiscos do país. A referência a Goiás não é à toa, desde 2011 a Sefaz vem trabalhando no desenvolvimento da atual gerência de auditoria contábil, que otimizou e aperfeiçoou o trabalho do fisco a partir do cruzamento de informações financeiras dos contribuintes. Para se ter uma ideia da importância dessa atuação, só neste ano o trabalho da Gerência resultou em R$ 60 milhões em autuações.

O Curso – A construção de Trilhas de Capacitação para as Secretarias de Fazenda dos Estados brasileiros teve sua origem no âmbito da Comissão de Gestão Fazendária – COGEF, em conjunto com o Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID, com a finalidade de fortalecer as capacidades individuais dos servidores fazendários e impulsionar o Profisco, programa de financiamento internacional para a modernização fazendária no Brasil.

Fonte: SEFAZ GO