O governo esclareceu que não é intenção do ministro da Economia, Paulo Guedes, antecipar itens da proposta de reforma de Previdência durante o Fórum Econômico Mundial em Davos. “O ministro da Economia vai falar sobre a importância central da reforma para o equilíbrio macroeconômico do País no encontro”, esclareceu.

Mais cedo, fonte do governo ao ser questionada sobre a possibilidade de a proposta ser apresentada disse que “esse é um tema da maior importância, o ministro vai com algum detalhe desse tema pra Davos”.

Fonte: Jornal do Brasil