Comando volante da Delegacia Fiscal de Formosa e a Agrodefesa atuaram em conjunto na fiscalização do transporte de gado bovino durante o último final de semana e flagraram várias irregularidades. Em uma delas, em leilão realizado em Formosa no sábado (23/2), foram autuadas 240 cabeças de gado com até 12 meses, que foram reunidas para a venda em leilão. Nenhuma delas tinha nota fiscal. Com o ICMS sonegado e multas, o auto de infração foi de R$ 54 mil. O rebanho foi avaliado em aproximadamente R$ 230 mil

No domingo (24/2), em blitz realizada na G0-118, em Água Fria, foi apreendida uma carreta com 27 cabeças de gado também sem nota fiscal. O motorista tinha apenas a GTA (Guia de Transporte Animal). Foi autuado em R$ 5.700,00 entre o imposto e a multa. A carga, avaliada em R$ 24 mil, tinha saído de Brasília. Na guia constava como remetente a Associação dos Criadores de Cavalos Crioulos, informa o delegado regional de Formosa, Sergimar Soares.

Fonte: SEFAZ GO

Comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.