Auditores fiscais da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) realizaram, na última sexta-feira (15), uma operação de fiscalização em Piúma, no sul do Estado. Dos cinco pontos visitados a partir de denúncias, dois estabelecimentos apresentaram irregularidades por não terem inscrição estadual. Entre impostos e multas aplicadas, as autuações foram de R$ 59,3 mil.

A ação foi uma parceria entre a Sefaz e o Núcleo de Repressão às Organizações Criminosas e à Corrupção (Nuroc) da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp).

No mesmo dia, a operação também contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que apreendeu toda a carga de cerveja de um caminhão por falta de documentação fiscal. Nesta ocorrência, o transportador foi atuado em R$ 43 mil.

O gerente fiscal da Sefaz, Bruno Aguilar, destacou o trabalho incansável do Fisco Estadual no combate à sonegação. “Estamos sempre atuando para que os impostos devidos ao Estado não sejam sonegados. Os comerciantes legalmente estabelecidos não podem ser prejudicados, e nem os cofres públicos. As parcerias com a PRF, o Nuroc e os demais órgãos de repressão são fundamentais para atingirmos esse objetivo”, disse.

Fiscalização

O objetivo é combater a concorrência desleal que ocorre quando empresas sonegadoras concorrem com as que pagam impostos. Além das ações de fiscalização, os auditores também deram orientações aos contribuintes abordados. Mais ações acontecerão em todo o Espírito Santo.

Outras ações dessa natureza irão ocorrer em parceria com os órgãos de trânsito para coibir esse tipo de sonegação.

Fonte: SEFAZ ES

Comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.