A Delegacia Regional de Fiscalização de Jataí está atenta à fiscalização de mercadorias em trânsito e nesta semana fez duas grandes apreensões de cargas de milho sem notas fiscais. Na primeira, em operação conjunta com a Polícia Rodoviária Federal, foram flagrados dois bitrens com R$ 145 mil quilos do produto. Na segunda, um caminhão tinha 48.400 quilos de milho em grãos.

O fisco suspeita que as cargas saíram de armazéns instalados na região e ainda investiga quem são os verdadeiros donos e os compradores. Mas o delegado fiscal André Pavam destaca que os autos de infração foram quitados. Um dos autos pagos foi de R$ 9.000,00 e o outro, de R$ 17 mil.

Na operação do comando volante de Jataí a mercadoria flagrada sem nota foi avaliada em R$ 33 mil. O motorista informou que a carga vinha de Mato Grosso do Sul e iria para São Paulo, mas como não tinha nenhum documento fiscal, não comprovou a rota. Ele pagou ontem o auto de infração.

Já na operação em conjunto com as delegacias da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Rio Verde e Jataí, que atingiu dois bitrens, a carga era maior e foi avaliada em R$ 75 mil. O auto de infração foi quitado na terça-feira (4/6).

Fonte: SEFAZ GO

Comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.