O mês de dezembro registrou número recorde de emissão de Notas Fiscais Eletrônicas ao Consumidor (NFC-e) pelo “Sefaz Virtual”, parceria entre Procergs, Secretaria da Fazenda e Receita Estadual do Rio Grande do Sul, que emite as notas para 18 Estados. No mês passado, o número de documentos chegou a 1 bilhão. Na média, foram autorizados 32,3 milhões de NFC-e por dia. Só no Rio Grande do Sul, foram emitidas 181,3 milhões de notas no mês, o que movimentou R$ 13,7 bilhões.

Conheça a solução de notas fiscais que atendeu a BLACK FRIDAY de uma das maiores varejistas do Brasil totalmente SEM FALHAS. 
NOTAMAX: Solução de Notas Fiscais da Decision IT S.A. Saiba mais clicando aqui.

Segundo a Procergs, nos últimos meses, a maior marca atingida tinha sido durante a liquidação Black Friday, realizada no final de novembro. Porém, no dia 23 de dezembro, pouco antes do Natal, foram processadas 44 milhões de notas fiscais eletrônicas.

Em 2019, o Sefaz Virtual recebeu o Prêmio Excelência em Governo Eletrônico (e-Gov), considerado o concurso mais importante do País na área de Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC) dentro da esfera pública. A iniciativa foi vencedora da categoria e-Administração Pública.

Criada em 2006, a Sefaz Virtual RS (SVRS) integra e presta serviços de processamento e autorização dos Documentos Fiscais Eletrônicos (DF-e) de 22 estados brasileiros, com autorização em tempo real pela Procergs. Visando permitir a massificação do uso de DF-e, a solução desenvolvida no Estado proporcionou uma verdadeira revolução digital no País e está inserida no contexto de pioneirismo gaúcho na área, tendo ocorrido também aqui o processamento da primeira Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) do Brasil.

O Sefaz Virtual é o ambiente tecnológico de autorização, distribuição e integração dos DF-e, estabelecidos nacionalmente pelas Secretarias de Fazenda, pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) e coordenados pelo Encontro Nacional de Administradores Tributários (Encat).

Os serviços disponibilizados pela Procergs atendem virtualmente a autorização dos DF-e para as diversas Unidades Federadas conveniadas, oferecem um conjunto de serviços reconhecidos pela excelência em capacidade computacional, alta disponibilidade e volumes processados, além de inúmeros processos que promovem a integração entre estes subsistemas fiscais, o que confere ao conjunto as características de um ecossistema completo.

Fonte: SEFAZ RS

Comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.