O Fisco estadual anunciou ações que devem ser iniciadas a partir de 2 de março como protesto contra a Secretaria de Economia do Estado de Goiás. A definições das estratégias foram discutidas na última terça-feira, 11, em Goiânia. No dia 4 de março, ficou marcado como o dia D das mobilizações.

Os auditores fiscais decidiram não participar de operações fiscais e policiais em centros de compras, shopping populares e contribuintes considerados micro, pequena e média empresa.

Ainda, pedem que sejam cumpridas as duas progressões de carreiras que haviam sido suspensas pela PEC do Teto dos Gastos, invalidada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), além de outras demandas da classe.

Fonte: Jornal Opção

Comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.