A receita fiscal da China sofreu queda anual de 9,9% no primeiro bimestre de 2020 em meio a uma drástica redução da arrecadação de impostos, uma vez que a atividade econômica e os lucros de empresas encolheram em meio à pandemia do novo coronavírus.

O Ministério de Finanças chinês informou nesta terça-feira que as receitas de impostos diminuíram 11,2% nos primeiros dois meses do ano ante o mesmo intervalo de 2019, enquanto a receita de outras fontes aumentou 1,7%.

Já os gastos ficais do governo chinês recuaram 2,9% no mesmo período.

Fonte: EXAME

Comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.