Um caminhão trafegava tranquilamente ontem (28/4) à tarde pela GO-346, quilômetro 45, município de Cabeceiras, com 26 cabeças de vaca para abate, quando foi abordado por comando volante da Delegacia Regional de Fiscalização de Formosa. Como não tinha documentação fiscal, o motorista foi autuado em aproximadamente R$ 13 mil, de ICMS sonegado mais multa, informa o delegado fiscal Sergimar Soares.

Ele acredita que a carga seguia para frigorífico da região. A falta de documentação fiscal é para evitar o pagamento do ICMS de 3%. Toda ela foi avaliada em R$ 54.369,90. A Delegacia Fiscal de Formosa está atenta à circulação de mercadorias sem notas na região do Entorno de Brasília e não parou sua atuação por causa da pandemia do coronavírus. Auditores fiscais, pessoal de apoio administrativo e até os militares que participam das operações estão usando máscaras.

Capital– A Delegacia Regional de Fiscalização de Goiânia continua fiscalizando um depósito de bebida no Setor Pedro Ludovico e constatou ontem (terça-feira), pela segunda vez nesta semana, o descarregamento de carga com notas inidôneas. O auto de infração atingiu carga de cerveja formada por 5.040 unidades de latas de 350 ml, no valor de aproximadamente R$ 3,7 mil, incluindo ICMS e multa. A carga foi avaliada em R$ 13,7 mil. Na segunda-feira foi autuada carga com 2.800 fardos de refrigerante no mesmo local com nota fiscal fria.

Fonte: SEFAZ GO

Comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.