Organizações de sucesso incorporam a inovação em sua cultura, segundo o estudioso de inovação Dobni estas entidades têm no seu ambiente o desejo de criar ou aperfeiçoar seus processos e meios de produção. Nenhuma organização está numa bolha. Portanto, permutará cultura com o meio. Ao conhecer a cultura de uma organização, permite-se aplicar planos de ações coerentes.

Outro dia estava palestrando numa turma de pós-graduação em Ciências Contábeis a convite do professor titular. Percebi que estava difícil expressar adequadamente minhas ideias. O assunto era computação quântica e auditoria digital contábil, uso de robôs (e automação) e como isso afetará nosso futuro breve.

Eu estava transmitindo alguns conceitos, pelo menos eu acreditava. Lá pelas tantas alguém pergunta: como que esse monte de siglas e engenhosidades – tecnologias de ponta – iriam afetar a vida dos futuros profissionais, os futuros contadores? Tentei mostrar que o impacto era realmente grande, afinal, boa parte do trabalho até então realizado não seria mais aplicado pelas mãos humanas e sim pela robótica, inteligência artificial em um computador baseado na física quântica. Meu sucesso foi momentâneo. Veio mais uma pergunta (da mesma pessoa): porque eu estaria fazendo este alerta, e porque ele deveria se preocupar com tudo isso.

Esta pessoa tinha alguma razão, pois de fato, falávamos apenas de uma possibilidade. De qualquer forma, para ela este cenário não a afetaria. Perder parte da execução de tarefas não parecia ser apavorante. Todavia queria saber mais e estava interessadíssima. O filósofo grego Epicteto (55-138 D.C.) afirmava: as pessoas não são perturbadas pelas coisas, mas pelo modo que as veem. Lembrei também que a responsabilidade de lidar com o tema é individual. A minha responsabilidade se limitava a expressar a minha previsão.

Aplicando Epicteto: a robótica ou a Inteligência Artificial não estavam impactando aquele ser humano porque na mente dele o receio da empregabilidade não estava presente. Fui captando mais informações e descobrindo que ele já possuía um projeto de implantação de automação no seu escritório e já havia proposto integração de sistemas entre a organização contábil e seus maiores clientes. Ele já acreditava estar em outro patamar. Ele também acreditava que iria acabar com os processos internos no seu escritório contábil.

A partir da nossa conversa, expus com a devida autorização, o porquê da crença do fim dos processos: como os robôs seriam os executores das tarefas tudo estaria seguro. Então fiz três perguntas: Qual seria o plano B se houvesse problemas de internet por mais de dois dias? Qual o perfil do profissional que estava conduzindo o projeto no seu escritório e sua experiência? Havia um plano de comunicação com os clientes que seriam impactados?

Eu percebi que não haveriam respostas, mas aproveitei para alertar a plateia sobre os riscos de uso de tecnologia robótica sem controle. Eu chamo de “uso de tecnologia” para atender emocionalmente aos gestores, pois sentem-se mais seguros ao afirmar que usam a tecnologia. Porém, não ponderam sobre o retorno do investimento ou ganhos de segurança e produtividade.

Muitas vezes ouvimos que um projeto foi um fracasso e que a tecnologia não era tão robusta. Análises superficiais sempre culparão a tecnologia. Já o sucesso normalmente está relacionado a uma boa gestão do projeto de implantação, diagnóstico adequado e serviços complementares.

Nos guias de gestão de mudanças encontramos: a execução bem-sucedida de estratégia melhorarão o desempenho das inovações. Executar um projeto de reformulação de processos exige um consultor-líder experiente. A propósito, quem estava na plateia como meu interlocutor procurou-me após a palestra. Tratamos sobre a minha contratação para gerir seu projeto.

Escrito por Mauro Negruni – Especialista em SPED.

Fonte: Jornal do Comércio 

Comente aqui:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.